Guaricana possui série de cachoeiras que embelezam SJP


PautaSJP.com visita área rural na divisa com Guaratuba onde os rios abastecem usina hidrelétrica

Blog Single Cachoeira dos Ciganos possui cerca de quinze metros na parte direita da queda [Foto PautaSJP.com]
Não é a toa que São José dos Pinhais na divisa com Guaratuba possui duas usinas hidrelétricas, sendo a da Guaricana e a da Chaminé. O volume de água nos rios da região é imenso. Uma particularidade da Usina da Guaricana é que o acesso é em São José dos Pinhais, apesar da maior parte da represa ser em Guaratuba. A Área de Proteção Ambiental (APA) de Guaratuba, que inclui São José, é rica em fauna e flora com várias cachoeiras, provenientes da Mata Atlântica. Em época de calor, e com fácil acesso, o passeio na Cachoeira dos Ciganos se torna uma aventura de baixo risco e de muito encantamento.

Desde que uma comunidade de ciganos passou a freqüentar aquela que é a mais próxima da Estrada da Guaricana, e a maior daquela localidade, a queda de água começou a ser chamada de Cachoeira dos Ciganos. São aproximadamente dez metros na margem esquerda e quinze metros na margem direita.

A origem do passeio é na saída da BR 376, sentido Santa Catarina, pela Estrada Velha da Guaricana, no km 33, em frente ao posto da Polícia Rodoviária, quando se sai do asfalto e começa a via de terra. A sugestão é marcar 0 no contador do veículo e seguir em direção à Usina da Guaricana.

No km 25, após pouco mais de uma hora de viagem na Estrada da Guaricana, tem uma pequena ponte de concreto no sentido Usina da Guaricana e, poucos metros antes, no lado esquerdo, há um acesso que parece um estacionamento.

A Cachoeira dos Ciganos fica cerca de um km e meio subindo o afluente do Rio Guaratubinha, com 15 minutos de caminhada ao se alternar as trilhas e as pedras dentro da água.


Juscelino na Usina Guaricana
A Usina Hidrelétrica da Guaricana começou com uma produção de 15.000 kW. Numa primeira etapa, em 1957, iniciou a geração com duas máquinas de 7.500 kW cada uma. A inauguração naquele ano contou com a presença do presidente do Brasil à época, Juscelino Kubitschek (mandato 1956-1961).

Também segundo o site da Copel, a Usina Guaricana tem potência de 36 MW. Localiza-se na margem esquerda do rio Arraial, no Município de Guaratuba, na Serra do Mar, a 84 km de Curitiba. A Guaricana foi adquirida pela Copel quando houve a incorporação da Cia. Força e Luz do Paraná, em 1953. A usina possui no total 4 unidades geradoras e é responsável por cerca de 5% da luz de São José dos Pinhais e Curitiba.


Chaminé
A Usina Hidrelétrica Chaminé tinha capacidade instalada de 18 MW, e está localizada na margem esquerda do rio São João, no município de São José dos Pinhais, em área de preservação permanente na Serra do Mar, a 79 km de Curitiba. Foi construída pela Cia. Força e Luz do Paraná, sob a orientação do americano Howell Lewis Fry, começando a operar em 1930. Ao ser concluída, em 1931, permitiu a desativação da Usina Térmica do Capanema, que era movida a lenha. Foi incorporada pela Copel em 1975.

Ainda de acordo com o site da Copel, até hoje, Chaminé mantém-se funcional e tecnicamente engenhosa. Um destaque é o meio de transporte entre a Vila Residencial e a Casa de Força, realizado por um bondinho (trole) em atividade desde 1928. O percurso é de mais de 600 metros, vencendo planos praticamente verticais e declives de até 55 graus em aproximadamente 10 minutos.

PautaSJP.com

Mais imagens desta notícia

Compartilhe esta notícia no Facebook: